Salamanca

16 de novembro de 2009

A descoberta mais surpreendente que fiz desde que viajei é que meu coração não está em um lugar, ou trancado dentro de mim, mas igualmente dividido entre as pessoas que amo.
Não preciso estar na minha cidade, basta ficar poucos minutos com gente que realmente conheço para me sentir, mesmo que por poucos instantes, em casa.

3 pitacos:

ticoético disse...

percebo isso por onde ando também...
abraço !

Mauriah disse...

coração transatlatico.

Will disse...

É bem sua cara mesmo Mah... bastou um acenoo!!!!