ET, TELEFONE, CASA!

10 de fevereiro de 2008

Nunca me preocupei com vida fora da Terra, espíritos, etc. As vezes me pego discutindo com alguém sobre esses assuntos, mas são discussões vazias, apenas repetições escrotas do que já ouvi em outros discursos. Não me preocupo por vários motivos: primeiramente porque sei que pensar nisso não vai me trazer qualquer tipo de conhecimento diferente daquele que já possuo (o qual, no caso, pode entender-se como nenhum). Segundamente - e me perdoem essa invenção babaca e sem necessidade - não discuto porque minhas preocupações são outras, muito mais reais, importantes e mesquinhas. Fodam-se os ETs, quero pensar só na minha vida...talvez isso seja um erro...talvez não...foda-se também.
Outro dia eu estava pensando justamente na minha vida, nas minhas vontades. Desde pequena eu tenho uma certa fascinação pela atuação. Eis uma revelação que nunca fiz a ninguém, sempre quis ser atriz. Nunca fui atrás disso, nunca participei sequer de teatros na escola, e não porque eu não tenha talento (penso inclusive que tenho), acho que nunca fui atrás desse sonho por preguiça. Ê, preguiça, que destrói tudo...
É engraçado, acho que essa paixão pelo teatro é tão grande em mim porque sempre tive vontade de ser outra pessoa, alguém importante...acho que só me contentaria comigo mesma se conseguisse fazer algo tão notavelmente importante que as pessoas quisessem, simplesmente, ser eu.
Fama...ser famosa por algo bom e importante. A única coisa que eu queria, no fundo, era morrer e ser lembrada...
Engraçado pensar na morte quando se tem 19 anos...
Enfim, esse papo já está ficando muito louco e sem sentido. Vamos falar de ETs...

2 pitacos:

Tyler Bazz disse...

Vai fazer teatro Marinaaaaaa...
Deve ser bem legal, poder ser uma pessoa num dia, outra em outro... cada dia i(e)ncorporando uma personalidade, um caráter!

Deixa a preguiça de lado, não seja eu! ¬¬


E eu morro de medo de et!
(e JURAVA que já tinha comentado por aqui...)

:**

● тнiαġo disse...

Eu gostei dos textos ^^
e concordo, vaaai faze teatro!
eu fiz e ajudou bastante
=D

Beijo